Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos

Prêmios e Destaques Acadêmicos

Por Renata Ratton Assessora de Comunicação - Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos
Robôs de combate

Touro Jr. e Touro Feather conquistam ouro e prata em competição nos Estados Unidos e Riobotz se aproxima das 200 medalhas

À esquerda: Os alunos Gabriel Fischer e Matheus Amaral seguram os robôs Touro Feather e Touro Jr. Ao centro, o Prof. Marco Antonio Meggiolaro com o troféu de campeão do Touro Jr.; À direita: Touro Jr trouxe o ouro na categoria Hobbyweight (5,4kg) - Fotos: divulgação


A Riobotz e seus preciosos robôs touros conquistaram ouro e prata na Norwalk Havoc Robot League (NHRL), prestigiada competição de robôs de combate, dedicada às categorias Beetleweight (BW - 1,3kg/3lb), Hobbyweight (HW - 5,4kg/12lb) e Featherweight (FW - 13,6kg/30lb).

As lutas se deram nos dias 16 e 17 de julho em Norwalk, Connecticut (USA), e a equipe de robótica da PUC-Rio, estreante na competição, contou com o apoio da FAPERJ para o custeio da viagem. “Com o fim da RoboGames e o impacto da pandemia, a NHRL vem se tornando o principal evento nos EUA desde 2018, para robôs de até 13,6kg”, explicou o professor Marco Antonio Meggiolaro, da Engenharia Mecânica e coordenador da equipe.

Representada pelos alunos Matheus Amaral (capitão) e Gabriel Fischer, além de Meggiolaro, a Riobotz participou com um robô em cada uma das categorias: Touro Jr, da HW, conquistou o ouro, Touro Feather, da FW, a prata, e MiniTouro o 13º lugar entre 80 robôs da BW. Com as colocações, Touro Jr e Touro Feather classificaram-se para o NHRL World Championship, em dezembro.

Touro Jr. enfrentou na final o robô Saiko!, do engenheiro Jamison Go, do MIT, e veterano da BattleBots, programa televisivo americano de combate de robôs, que sempre contou com a participação da equipe da PUC-Rio. Segundo o coordenador, a luta, de três minutos, foi um duelo de pilotos. Por unanimidade, os juízes deram a vitória a Jr. (assista aqui à disputa, seguida de entrevista com o coordenador da RioBotz).

Já Touro Feather foi vice-campeão enfrentando outro veterano da BattleBots, o engenheiro de design Adam Wrigley: “Mesmo com desvantagem em relação ao robô Knock Off White, que tinha o dobro do peso da categoria FW, mas foi autorizado a participar da competição por se locomover com um complexo sistema de pernas em vez de rodas, Touro Feather ofereceu resistência levando a disputa para decisão dos juízes”, lembra Meggiolaro, que acrescenta:

– A participação da RioBotz foi constantemente elogiada pelos locutores do evento, também transmitido pela internet. Havia muitos fãs da equipe e do Minotaur, nosso robô de 113kg, que participa exclusivamente da BattleBots. A estrutura do evento é gigantesca, incluindo um prédio dedicado a ele e um museu de robôs de combate.

Com as vitórias na NHRL 2022, a RioBotz chega a 194 medalhas desde 2003, ano de sua estreia em competições, sendo 96 de ouro, 55 de prata e 43 de bronze em competições nacionais e internacionais. O Touro Jr. Conquistou, agora, sua décima medalha (a sétima de ouro) desde 2007, e o Touro Feather conta com 13, sendo dez de ouro desde 2008.




Publicada em: 26/07/2022