Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos

Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento

Por Renata Ratton Assessora de Comunicação - Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos
Entre os melhores, pelo melhor

Bernardo Strassburg, da Geografia, lder de artigo publicado na revista Nature e coautor de outros trs trabalhos divulgados na Nature e na Science, todos voltados preservao de espcies e restaurao de ecossistemas em todo o planeta

Bernardo Strassburg, coordenador do Centro de Cincias e Sustentabilidade da PUC-Rio - foto: arquivo pessoal

 

Quando salvar o planeta se torna tarefa cada vez mais complexa, fornecer subsdios cientficos e ferramentas eficazes para a tomada de decises por lderes mundiais trabalho para os grandes: grandes cientistas e pesquisadores, e entre eles est o professor Bernardo Strassburg, do Departamento de Geografia e Meio Ambiente, coordenador do Centro de Cincias da Conservao e Sustentabilidade do Rio, sediado na PUC-Rio.

Em menos de dois meses, o professor figurou como autor principal ou coautor de quatro artigos de alto impacto nos peridicos Nature e Science, que tm como foco a preservao de espcies e a restaurao de ecossistemas, alm da mitigao das mudanas climticas.

Liderana - Divulgado nas principais mdias do pas e internacionais, o estudo Global priority areas for ecosystem restoration, publicado em 14 de outubro, na Nature, trouxe Strassburg como autor principal, e a professora Agnieszka Latawiec, tambm da Geografia, entre os 26 coautores provenientes de 12 pases. Os dois professores coordenam o recm lanado Mestrado Profissional em Cincia da Sustentabilidade [http://mestradosustentabilidade.usuarios.rdc.puc-rio.br/], no qual tambm lecionam outros cinco coautores do estudo.

Utilizando plataforma sofisticada de otimizao, que aplica uma multiplicidade de critrios e oferece uma abordagem matemtica para encontrar solues precisas para uma variedade de problemas o estudo mostra que o retorno de alguns ecossistemas especficos, no mundo, ao seu estado natural (restaurao), salvaria a maior parte das espcies terrestres de mamferos, anfbios e pssaros, ameaadas de extino e, ao mesmo tempo, absorveria mais de 465 bilhes de toneladas de dixido de carbono.

Trata-se do primeiro trabalho a demonstrar evidncias de abrangncia mundial de que a localizao o fator mais importante para os esforos de restaurao que almejem resultados profundos em prol das metas de biodiversidade, clima e segurana alimentar. De acordo com a pesquisa, a restaurao pode ser treze vezes mais custo-eficaz quando feita em locais de maior prioridade:

- Aliada conservao dos remanescentes de ecossistemas ainda em seu estado natural, a restaurao de 30 % das reas prioritrias identificadas evitaria at 72% das extines projetadas e absorveria uma quantidade equivalente a 49 % de todo o carbono acumulado em nossa atmosfera nos ltimos dois sculos - sublinha Strassburg.

 


Infogrfico do artigo Global priority areas for ecosystem restoration, liderado pelo pesquisador e publicado em outubro, na Nature

Alertas da ONU que apontam para a perda de um milho de espcies nas prximas dcadas constatando que o mundo falhou, em grande parte, em seus esforos para atingir as metas mundiais de biodiversidade definidas em 2020, incluindo a restaurao de 15% dos ecossistemas do planeta.

Segundo o pesquisador - que tambm diretor-executivo do Instituto Internacional para a Sustentabilidade (IIS) – as mensagens centrais do estudo j foram incorporados ao rascunho preliminar do que se espera ser um acordo mundial de proteo natureza, a ser assinado na conferncia da Conveno sobre Diversidade Biolgica (CDB) das Naes Unidas que acontecer em Kunming, China, em 2021.

- Para evitar que as crises climticas e as ameaas biodiversidade saiam do controle, fundamental fomentar  planos de restaurao que incluam todos os tipos de ecossistemas, como  florestas, savanas, campos, reas alagadas e ecossistemas ridos. Ns mostramos que, com bom planejamento, possvel fazer isto em escala sem impactar a produo de alimentos, observa o professor.

De acordo com Strassburg, a urgncia mundial relacionada ao clima, biodiversidade e s questes oramentrias exigem solues que lidem com todos esses aspectos, e o trabalho as oferece. Os resultados destacam a importncia primordial da cooperao internacional para alcanar os objetivos, com cada pas desempenhando um papel diferente e complementar no cumprimento das metas globais de biodiversidade e clima.

De acordo com Thomas Brooks, cientista-chefe da Unio Internacional para Conservao da Natureza e um dos coautores, o estudo demonstra uma aplicao crucial, mas at ento inexplorada, da Lista Vermelha de Espcies Ameaadas da IUCN, servindo de insumo para as discusses do prximo ano no Congresso Mundial de Conservao da IUCN e na 15ª Conferncia das Partes da CDB sobre a implementao de compromissos polticos, incluindo o Desafio de Bonn, a Dcada de Restaurao da ONU e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentvel.

Coautoria - Na qualidade de coautor, o professor Bernardo Strassburg integrou os trabalhos Bending the curve of terrestrial biodiversity needs an integrated strategy e Area-based conservation in the twenty-first century, publicados, respectivamente, nos dias 9 de setembro e 7 de outubro, na Nature.

Bending the curve... utilizou diversos modelos e cenrios recentemente desenvolvidos para entender como desacelerar o ritmo de desaparecimento de espcies vegetais e animais e passar a recuperar suas populaes, ‘dobrando’ a curva de perda para ganho de biodiversidade. O estudo integrou o ltimo Relatrio do Planeta Vivo, do Fundo Mundial para a Natureza (WWF), explorando metas globais de biodiversidade com foco na reverso dos impactos das atividades humanas.

 Area-based..., por sua vez,  focou em reexaminar o papel que as reas protegidas podem ter neste sculo. O estudo mostrou como a expanso de reas protegidas por governos nacionais desde 2010 teve sucesso limitado em aumentar a cobertura em diferentes elementos da biodiversidade e servios ecossistmicos:

- Segundo esse estudo, para melhorar as chances de sucesso aps 2020, a conservao baseada em rea deve se inserir melhor em um planejamento integrado do uso da terra, para contribuir de forma mais eficaz para atender s metas globais de conservao e uso sustentvel da Natureza, que vo desde a preveno de extines de espcies at a proteo dos ecossistemas mais intactos, incluindo a repartio justa dos custos e benefcios desta conservao e uso sustentvel, investindo na colaborao efetiva e equitativa com povos indgenas, comunidades tradicionais e iniciativas privadas, comenta Strassburg.

O mais recente trabalho do qual coautor, Set ambitious goals for biodiversity and sustainability, acaba de ser divulgado na revista Science. O artigo sintetiza o conhecimento cientfico sobre os mltiplos aspectos do potencial novo acordo global sobre a conservao e uso sustentvel da Natureza, subsidiando a negociao da prxima gerao de metas globais da Conveno sobre Diversidade Biolgica (CDB), que sero adotadas em 2021 e enquadraro as aes dos governos e outros atores nas prximas dcadas.

Nature: Bending the curve of terrestrial biodiversity needs an integrated strategy - publicao: https://www.iis-rio.org/wp-content/uploads/2020/09/41586_2020_2705_OnlinePDF_300.pdf

Nature: Area-based conservation in the twenty-first century - publicao: https://www.nature.com/articles/s41586-020-2773-z

Nature: Global priority areas for ecosystem restoration - publicao: https://rdcu.be/b8v3A

Science: Set ambitious goals for biodiversity and sustainability - publicao: https://iis-rio.org/wp-content/uploads/2020/10/diaz-10-23-20.pdf




Publicada em: 01/11/2020