Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos

Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento

Por Renata Ratton Assessora de Comunicação - Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos
Inteligncia artificial e reconstruo 3D unidas contra o COVID-19

Projeto multidisciplinar aprovado no mbito de programa emergencial da Capes vai identificar comprometimento pulmonar e agregar ferramenta de telemedicina ao atendimento em hospitais e reas remotas

O projeto Avaliao do Volume e Acometimento Pulmonar atravs de Imagens 3D - Visualizao e Anlise de Dados em Plataformas de Telemedicina, coordenado pelo professor Alberto Raposo, da Informtica e do Instituto Tecgraf, foi aprovado pelo Programa Estratgico Emergencial de Combate a Surtos, Endemias, Epidemias e Pandemias – Capes – Telemedicina e Anlise de Dados Mdicos. Focado na COVID-19, o projeto surgiu a partir de outros j executados pela PUC-Rio em parceria com a GE, na rea de imagens mdicas.

- Tudo comeou com o projeto em parceria com o professor Jorge Lopes, do laboratrio NEXT, do Departamento de Artes & Design, de reconstruo 3D de fetos, que evoluiu para a reconstruo 3D de tero. Agora, estamos trabalhando, em parceria com a GE, em inteligncia artificial para reconhecimento das estruturas do corao fetal - as quatro cavidades e outras estruturas relevantes -, j que doenas cardacas representam grande parte dos problemas que podem ocorrer numa gravidez. Tambm utilizamos a ideia desenvolvida no doutorado do professor Leonardo Frajhof, realizado no Departamento de Artes & Design em 2020, de uso de realidade aumentada para apresentao de exames ao paciente, contextualiza Raposo.

Diante do know-how adquirido em todos esses projetos, o grupo identificou a oportunidade de utiliz-lo na identificao do volume pulmonar comprometido em pacientes com a COVID-19, o que envolveria a reconstruo 3D e a inteligncia artificial para reconhecer o tamanho do acometimento. "Alm disso, propusemos a integrao com uma ferramenta de telemedicina, que evitar a ida desnecessria a hospitais - nos casos menos graves ou na recuperao ps-alta - e permitir o atendimento em reas mais remotas, sem especialistas", explica.

O trabalho, que ter durao de trs anos, envolver quatro alunos de doutorado, dois de mestrado e trs pos-doutorandos. Conta com a participao dos professores Jorge Lopes e Leonardo Frajhof, e do mdico Heron Werner, parceiros nos projetos mencionados com a GE, alm dos pesquisadores Soeli Fiorini, do Laboratrio de Engenharia de Software da Informtica e Cesar Augusto Sierra-Franco, do Tecgraf.




Publicada em: 16/07/2020