Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos

Prmios e Destaques Acadmicos

Por Renata Ratton Assessora de Comunicação - Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos
Tese do Instituto de Relaes Internacionais vence Concurso Brasileiro de Obras Cientficas e Teses Universitrias em Cincias Sociais

Estudo busca entender como a Colmbia se tornou referncia para ‘solues’ de operaes militares


A tese Preparing for war, preparing for peace: the Colombian ‘success story’ and the transformation of the military professional, de autoria da professora Manuela Trindade Viana, do Instituto de Relaes Internacionais (IRI), foi vencedora do Concurso Brasileiro de Obras Cientficas e Teses Universitrias em Cincias Sociais da Associao Nacional de Ps-Graduao e Pesquisa em Cincias Sociais.

Sob a orientao da professora Monica Herz, o estudo busca entender como foi possvel a Colmbia, “um pas estigmatizado como ‘problemtico’, ter se tornado referncia para ‘solues’ de operaes militares”.

De acordo com a autora, a pergunta est relacionada emergncia, na dcada de 2010, de um discurso do ps-conflito na Colmbia, ou seja, a ideia de uma transio de um conflito problemtico a um ps-conflito exitoso.

- Parto do argumento de que tanto as anlises que apontam para a existncia de um cenrio ps-conflito como as que resistem narrativa do ‘sucesso’ operam com a lgica da presena/ausncia de violncia. Em contraste, proponho pensar esse quebra-cabeas em termos da transformao das regras por meio das quais a violncia transmitida e das condies que permitem tal dinmica, explica Manuela Viana em seu trabalho.

O esforo analtico foi empreendido em duas partes principais. Na primeira, a autora investiga como o problema da violncia foi historicamente construdo na Colmbia. Na segunda, explora como o “profissional militar”, mobilizado pelo entendimento especfico de violncia, foi historicamente construdo por meio de um circuito de saberes militares.

- Com base nessa anlise, a pesquisa confronta a nfase institucionalista que tradicionalmente constitui os debates sobre relaes civil-militares, mostrando que to importante quanto olhar para a fronteira polcia/militar, para pensar a violncia e sua relao com a democracia, olhar para a forma com que regras de violncia so transmitidas.

Na segunda parte, a autora afirma s ser possvel compreender a consolidao de saberes militares, na Colmbia, por meio de seu enquadramento em uma dinmica mais abrangente de transmisso de conhecimentos.




Publicada em: 07/11/2018