Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos

Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento

Por Renata Ratton Assessora de Comunicação - Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos
O professor aprendiz
Oficinas didticas de apoio formao pedaggica, voltadas para professores recm-contratados pela PUC, vm se consolidando como um espao de troca de ideias e experincias

Professora Erica Rodrigues, coordenadora da equipe de Leitura e Escrita, do NOAP, em apresentao equipe da Rede de Apoio ao Estudante

A lida com situaes, antes extraordinrias, e, hoje, cada vez mais comuns nas salas de aula, os desafios da tica, da incluso, da utilizao das novas tecnologias de comunicao e informao vm transformando a vida universitria e as formas de interao direta ou indireta entre professores e alunos, e esto entre os assuntos abordados nas Oficinas Didticas de Apoio Formao Pedaggica, realizadas, semestralmente, sob a coordenao da Rede de Apoio ao Estudante (RAE).

- As questes envolvendo incluso e acessibilidade ganham cada vez mais destaque e importncia na carreira do professor universitrio, devido ao novo perfil do aluno. Neste sentido, as oficinas so uma oportunidade de sensibiliz-los para os desafios da docncia em uma sala de aula cada vez mais conectada, mais diversa e mais plural, e de apresentar os diferentes ncleos de apoio e ferramentas disposio dos alunos e dos professores”, observa a coordenadora central de graduao, professora Daniela Vargas.

De cada uma das oficinas participam entre 12 e 15 docentes. As oficinas so um espao para troca de experincias, no apenas sobre questes pedaggicas e de metodologias de ensino, mas cada vez mais para a discusso sobre as relaes entre alunos e professores.

- Com esse aperfeioamento, busca-se sugerir maneiras de motivar os alunos, provocar uma reflexo sobre a sua diversidade e sobre a atuao do professor dentro e fora da sala de aula, trazer exemplos de como administrar tenses, assim como metodologias de aprendizagem ativa, observa a professora Zena Eisenberg, coordenadora do Ncleo de Orientao e Apoio Pedaggico (NOAP), um dos braos da RAE.

Segundo ela, o feedback tem sido bastante positivo, o que pode ser comprovado por algumas avaliaes realizadas anonimamente:

"Repensei meus cursos, quero torn-los mais dinmicos, metodologias ativas de ensino, em que os alunos possam participar mais das aulas..."

“Teve bastante espao para troca de experincias nos dois primeiros encontros e um grande panorama de ferramentas nos trs ltimos..."

“As discusses das duas primeiras oficinas forneceram elementos de reflexo que pretendo amadurecer. E quanto s trs ltimas sesses, j estou colocando em prtica algumas ferramentas (uso do suporte do Moodle, por exemplo) ..."

"O compartilhamento de experincia; o dinamismo e a disponibilidades das organizadoras e dos intervenientes; a diversidade dos perfis." (Do que mais gostou)

Zena esclarece, ainda, que a metodologia aplicada nas oficinas dialgica, com a discusso das questes que os professores trazem da sua experincia em sala de aula:

- Os professores so oriundos de todos os Centros. Nas oficinas, h apresentaes de diferentes integrantes da RAE e participao especial de professores da Educao, da Medicina e da coordenadora da CCEAD, Gilda de Campos.

Como ponto de partida, so trazidas pesquisas sobre motivao, relao professor-aluno, alm da apresentao do perfil do aluno PUC. H tambm um encontro dedicado discusso de estratgias para auxiliar os alunos com dificuldades em leitura e escrita, com foco nos gneros textuais do universo acadmico, e sensibilizao para as diferenas e apresentao de informaes sobre as aes do NAIPD (Ncleo de Apoio e Incluso da Pessoa com Deficincia), o ncleo da PUC que realiza o acompanhamento dos alunos com deficincia e necessidades educacionais especiais.

_________________________

Nota: Alm das citadas, colaboraram, para esta matria, acoordenadora do SOU-CTC, Leila Vilela, e as professoras Erica Rodrigues, do Departamento de Letras ecoordenadora da equipe de Leitura e Escrita do NOAP; Maria Elisa Almeida, do Departamento de Educao e coordenadora da equipe de Orientao Profissional do Noap; eRenata Mattos Eyer Arajo,doDepartamento de Artes& Design e coordenadora do NAIPD.




Publicada em: 19/06/2018