Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos

Ensino, Pesquisa e Desenvolvimento

Por Renata Ratton Assessora de Comunicação - Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos
Asas como herana

Ncleo de Memria comemora 80 anos da PUC-Rio com marcos fsicos e simblicos e lana concurso de monografias

Margarida Souza Neves voa, alegre, nas asas do Cardeal Leme - Foto: Renata Ratton, Vice-Reitoria para Assuntos Acadmicos


Com memorare, fazer memria junto. Deu liga entre as celebraes dos 80 anos da Universidade e as iniciativas do Ncleo de Memria para um marco to especial. Painis representando marcas da identidade da PUC-Rio j se encontram espalhados pelo campus e um concurso de monografias versando sobre a histria da Universidade lanando hoje. Esto previstas ainda exposies, publicaes, e sobre tudo isso falou a professora Margarida de Souza Neves, coordenadora do ncleo, assessoria de comunicao da Vice-Reitoria para Assuntos Acadmicos.


Ascom/VRAC -
Como foi, para o Ncleo de Memria, resumir e representar esses 80 anos?

Margarida Souza Neves - Difcil fazer um balano. So muitos anos de uma vida muito rica. E esse balano supe escolhas. Ento, preciso ter a tranquilidade de dizer que as escolhas no significaram renunciar a outras coisas.

Para sintetizar esses 80 anos, procuramos, em primeiro lugar, elaborar um quadro impressionista da identidade da PUC, a partir do desejo de marcar fsica e simbolicamente o campus com algumas imagens relativas a traos de identidade que foram se consolidando e, certamente, adquirindo diversas formas. Buscamos imagens - mais simblicas do que figurativas - que pusessem a Universidade como protagonista desses traos de identidade, e as colocamos em sete painis. Isso justifica que, ao selecionar um dos traos dessa identidade, 80 anos de Cincias, no tenhamos posto pipetas ou um laboratrio. Seria linear demais e excluiria, por exemplo, as cincias humanas. Essa talvez tenha sido a imagem mais ousada que utilizamos, a de uma foto do auditrio do RDC na comemorao dos 50 anos da ps-graduao na PUC. Nesta foto, esto cientistas de todos os centros e de todos os departamentos. S se faz cincia porque temos, formamos, contratamos e juntamos cientistas, cientistas de latitudes muito diversas.

Outro trao estabelecido foram os 80 anos de Artes. De muitas maneiras, as artes esto presentes na Universidade, seja em uma presena densa, como no Museu ao Ar Livre ou na Igreja da PUC, mas tambm atravs dos artistas, do ensino de Artes & Design, da transformao da palavra em arte, na literatura, das artes da memria.

Em PUC-Rio: 80 anos de Sustentabilidade, lanamos mo de uma licena potica. O conceito de sustentabilidade, h 80 anos, no existia, e nem o que hoje entendemos ser sustentabilidade. No entanto, o contedo de busca de valorizao da natureza, de no desperdcio, isso sempre se viveu de diferentes maneiras. A PUC ressignifica objetos, ao us-los. Os bancos da antiga capela, por exemplo, esto nos pilotis do Kennedy. uma marca da reutilizao. Olhando as fotografias da sala do Pe. Leonel Franca, S.J., possvel reconhecer mesas ainda em utilizao na PUC. No se falava em sustentabilidade, mas so 80 anos de valores que, hoje, recebem o nome de sustentabilidade.

Outro trao muito importante o do compromisso social, lembrado no painel de mesmo nome. No ponto de vista do Ncleo, o compromisso social bsico da PUC, por ser universidade, produzir conhecimento socialmente relevante para o Brasil e formar agentes sociais, crticos, ticos e comprometidos com a justia. Isso ningum poder fazer no lugar da Universidade. Entretanto, ela sempre poder ser chamada, como efetivamente j foi, a acolher pessoas em situao de pobreza, a funes de suplncia em diversas situaes; mas o compromisso social indelvel est na produo de conhecimento e na formao de pessoas capazes de pensar um futuro em que a justia seja real e a vida melhor para todos.

PUC-Rio: 80 anos de Humanismo o nico painel que contm uma composio de fotos. O humanismo uma marca muito forte da memria, do projeto, da identidade da PUC. Foi muito difcil encontrar uma imagem, ento optamos por colocar uma foto grande do mosaico, de Portinari, do Menino Jesus no templo, ensinando aos doutores, um pouco para apontar para a ncora do que o humanismo na Universidade: a possibilidade de que uma criana ensine aos doutores e a possibilidade de pensar quem essa criana. Essa a imagem central e, em torno dela, esto algumas imagens simblicas: uma ponte, a ponte de madeira, porque isso que o humanismo faz, construir pontes; e duas imagens de pessoas, mas tambm fortemente carregadas do simblico: uma turma realizando uma atividade de entrelaar cordas, em que quando um se mexe, todos se mexem; e uma festa de homenagem a professores e funcionrios.

80 anos de Pluralismo olha para a acolhida ao diferente, diversidade, e traz uma foto dos pilotis na comemorao dos 70 anos da PUC-Rio. 80 anos de Ensino e Pesquisa, na entrada do Cardeal Leme, traz uma bela foto area e mostra a PUC se transbordando para a cidade e se abrindo para o mundo pelo mar.

Todos os painis apresentam a divisa da PUC: Nada pesado para quem tem asas (Alis Grave Nil). Outros trs grandes painis trazem as prprias asas, feitas de pequenos fragmentos de fotografias da PUC. Um est no bosque, prximo ao Anfiteatro Junito Brando; o segundo, no bloco B do Edifcio Cardeal Leme; e o terceiro est no prdio Frings. Queremos fixar a ideia das asas e a divisa da PUC. Queremos que as pessoas tirem fotos nessas asas e as enviem para o site do Ncleo de Memria. uma iniciativa que fala a lngua de nossos alunos, as asas vo para o mundo atravs das redes sociais.


Ascom/VRAC -
Alm do concurso de monografias, lanado hoje, o que est previsto para 2020?

Margarida Souza Neves – Uma exposio na Biblioteca Central, em iniciativa conjunta com a DBD, que trar, por exemplo, os manuscritos do Pe. Leonel Franca: 12 livros foram encontrados por nosso reitor, em Itaici (SP). A exposio tambm mostrar livros produzidos por nossos primeiros professores, contedo da biblioteca. Queremos reforar o compromisso com a produo acadmica de qualidade, marca de nascena.

Promoveremos ainda o concurso de fotografias, que ser divulgado em maio: PUC, modos de ver. Como as pessoas olham para a PUC, fixam a imagem da PUC? Alm de toda a comunidade, ex-alunos, antigos professores podero participar. E produziremos o segundo volume do livro Crnicas de Memria, que teve seu primeiro volume lanando nos 70 anos da PUC-Rio.

No segundo semestre, lanaremos o projeto da coleo de livros relacionados a lugares de memria da PUC-Rio. O nmero zero, j produzido, versou sobre a Igreja Sagrado Corao de Jesus. No lanamento, falaremos sobre a inteno e os lugares contemplados. Tambm vamos elaborar um encarte ao Anurio – que poder ser distribudo parte -  contendo sries histricas e dados numricos dos 80 anos, alm de fotos. E est prevista uma exposio conjunta com o Projeto Comunicar, nos Pilotis, a gora da PUC, mostrando o que a PUC devolveu para a sociedade nesses 80 anos. Projetos de impacto na sociedade carioca, brasileira e no mundo.

Nossa preocupao, em todas as iniciativas, no ter um olhar passadista, mas olhar os 80 anos hoje e para o amanh. Comemorar fazer memria junto. E fazer memria junto construir identidade comum, fazer projeto em comum. Como herana dos 80 anos, recebemos essas asas, que nos permitem fazer o voo que quisermos.

Para se inscrever no concurso acesse o link: http://nucleodememoria.vrac.puc-rio.br/noticia/2020/03/concurso-monografias-puc-rio-80-anos.


Inscreva-se no 2º Concurso de Monografias




Publicada em: 06/03/2020