Pular para o conteúdo da página
Brasão da PUC-Rio

Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos

Prmios e Destaques Acadmicos

Por Renata Ratton Assessora de Comunicação - Vice-Reitoria para Assuntos Acadêmicos
O lder para os millennials

Pesquisa desenvolvida por aluna de graduao da Administrao, finalista do prmio Ser Humano – ABRH-RJ 2018, buscou compreender expectativas dos jovens Y a respeito de seus gestores

Patricia Ferreira e Laura Guimares durante apresentao do trabalho no congresso da Associao Brasileira de Recursos Humanos (ABRH 2019) - Foto: arquivo pessoal


Eles so jovens, criativos, amam desafios, mas se cobram muito e preferem um gestor...

A forma de trabalhar das empresas est se transformando rapidamente, em grande parte devido influncia da Gerao Y (jovens nascidos entre 1980 e 2001). E um dos desafios enfrentados pelas organizaes na atualidade o gerenciamento de funcionrios de diversas geraes.

– Estes jovens esto reinventando o modelo tradicional das organizaes. Consequentemente, geri-los pode ser um grande desafio, assinala a professora Patricia Itala Ferreira, da Administrao, orientadora de estudo desenvolvido pela aluna de graduao Laura Pulcherio Guimares, que foi finalista do Prmio Ser Humano – ABRH-RJ de 2018. O estudo concorreu, inclusive, com trabalhos de ps-graduao.

Expectativas da gerao Y com a liderana buscou compreender as expectativas dos jovens Y a respeito de seus lderes:

– Foi realizada uma pesquisa baseada na teoria da Liderana Situacional de Hersey e Blanchard com 163 jovens universitrios do estado do Rio de Janeiro que j possuam algum tipo de experincia de trabalho, informa a aluna. Utilizando como instrumento o Leader Adaptability and Style Inventory (LASI), foi possvel identificar o tipo de liderana que o respondente exibia ou que o seu lder possua, alm de das expectativas do subordinado a respeito de seu prprio lder. O LASI enquadra os tipos de liderana no modelo situacional, desenvolvido pelos mesmos autores, esclarece a aluna

Levando em conta a representatividade numrica da Gerao Y no contexto atual, a pesquisa fomentou diversas discusses acerca do tema.

– Segundo o administrador e escritor Sidnei Oliveira, esses jovens se sentem compelidos a superar os pais por terem tido mais recursos e privilgios, o que explica suas altas expectativas em relao carreira. O autor tambm cita trs principais caractersticas aos membros da Gerao Y, consideradas no trabalho: so multitarefas, criativos e tm apreo por desafios. Ele refora que, quando so confrontados com desafios, apresentam maior produtividade, informa Laura.

De acordo com Patricia Ferreira, outro tema amplamente abordado diz respeito liderana, salientando que, mesmo com um grande nmero de estudos, no h um consenso sobre o seu conceito. “Robbins define liderana como a “capacidade de influenciar um grupo para alcanar metas”. Quando se trata deste tema, tambm essencial separar o papel de “lder” do de “gestor”. De acordo com Bennis, os lderes dominam o contexto e as condies que os cercam, ao passo que os gestores sucumbem”.

A pesquisa concluiu que o comportamento orientado para o relacionamento um fator importante na liderana, segundo a opinio dos membros da Gerao Y, dado que os dois estilos preferidos por eles possuem este aspecto em comum.

– Os millennials, segundo a autora Diane Spiegel, tm uma relao diferente at mesmo com seus pais, a quem enxergam como amigos ao invs de figuras de autoridade. Por conta disso, acabam projetando esse aspecto na figura de seus lderes, esperando um relacionamento parecido, observa a aluna.

Os resultados tambm apontaram menor preferncia em relao ao estilo pouco orientado tanto para relacionamento quanto para a tarefa.

– vlido ressaltar que esse um estilo considerado mais apropriado para equipes com maturidade alta. Considerando que os respondentes da pesquisa foram universitrios, em grande maioria no incio de carreira, possuem maturidade profissional menor, principalmente em termos de experincia, o que pode explicar em parte. Tambm importante frisar que, possivelmente, conforme a maturidade dos millennials aumente, suas preferncias tambm se alterem, pondera Patrcia.

Para a orientadora, o estudo contribuiu para que as empresas tenham uma viso mais clara do comportamento de seus membros da Gerao Y. “Alm disso, as situaes apresentadas so passveis de ocorrer no dia a dia de qualquer tipo de empresa. A anlise isolada de cada uma tambm permite que lderes dos millennials se preparem para as situaes ou pelo menos tenham uma compreenso mais apropriada sobre elas”.

Prmio Ser Humano – ABRH-RJ

A PUC-Rio a universidade com a maior quantidade de prmios Ser Humano. Desde 2010, quando foi criada a categoria trabalhos acadmicos, j ganhou quatro vezes; desses quatro prmios, dois foram dados a orientandas da professora Patrcia Ferreira, que tambm teve trs finalistas no perodo.




Publicada em: 30/05/2019